Treinamento pode ser tratamento!

Fonte: Google Imagens 

Nos dias atuais, os exercícios físicos têm tido um papel muito importante, no tratamento e prevenção dos sintomas relacionados á má postura, excesso de peso, dores articulares, falta de condicionamento físico e cardíaco, entre outros – originários do sedentarismo ou de patologias que prejudiquem a capacidade motora do corpo.

Os médicos têm aconselhado seus pacientes a praticar uma atividade física condizente com suas aptidões físicas, visando uma melhor resposta no tratamento, beneficiando a saúde do paciente, que passará a ter um organismo condicionado e fortalecido, evitando assim, os sintomas de fraqueza e falta de disposição, tão comum em pessoas que não têm o hábito de se exercitar.

Vale ressaltar que, cada quadro clínico deve ser analisado de forma particular, assim como o paciente, respeitando desde o seu biotipo até suas inaptidões, tendo como foco principal desenvolver um programa de exercícios que atenda as expectativas e necessidades de forma eficaz e segura, e que os resultados sejam percebidos através da maior disposição e vitalidade que o condicionamento físico promove, independente da modalidade a ser aplicada, desde que tenha sido elaborada por um profissional habilitado na área de educação física.

Existem atividades físicas que não são recomendadas a algumas pessoas, em função de suas características específicas ou problemas de saúde tais como: problemas cardíacos, respiratórios, articulares, musculares ou de outra natureza. Devemos salientar que, às vezes um exercício aparentemente inofensivo pode agravar ainda mais uma situação. Uma situação que comumente acontece é aquela em que pessoas com excesso de peso insistem em fazer caminhadas longas e sem recomendação/supervisão ou até mesmo correr, o que é ainda mais arriscado, sem considerar que estão se expondo a vários riscos, como aumento súbito da pressão arterial ou até uma parada cardíaca, além de problemas ortopédicos decorrentes de impactos nas articulações, principalmente dos membros inferiores.

O melhor exercício é aquele que possa ser ajustado às condições de cada um, respeitando suas particularidades clínicas e emocionais, e principalmente que seja coerente para não expor o indivíduo a riscos desnecessários. Também deve ser estimulante e motivador, para que possa ser realizado com mais prazer, habilidade e intensidade, resultando em uma vida muito mais ativa e saudável em todos os níveis!

Colaboração: Tarcisio Campestrin, CREF 7281/SP é Assessor Esportivo e atua com sua equipe nas áreas de Corporate Fitness e desenvolvimento de projetos de espaços voltados à atividade física.

Fonte:www.exercitandosaude.com.br

Uma resposta

  1. […] Nos dias atuais, os exercícios físicos têm tido um papel muito importante, no tratamento e prevenção dos sintomas relacionados á má postura, excesso de peso, dores articulares, falta de condicionamento físico e cardíaco, entre outros […] View full post on WordPress.com Top Posts […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: